quinta-feira, 14 de julho de 2016

MAPA DO TURISMO CORRIGE DISCURSO CRÍTICO NA REGIÃO

Mapa - aqui -


Os critérios técnicos de classificação das cidades pelo Ministério do Turismo são rigorosos, vão além do marketing que cada cidade faz de si mesma. Na última semana foi divulgado a categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro, que é um instrumento que destaca municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento. O documento norteia a definição de políticas públicas para o setor.

Badalada na mídia, Ilhabela, por exemplo, tem uma classificação boa, mas inferior a de São Sebastião - que confirma o destaque no turismo regional e nacional.

Clique sobre a imagem e visualizer-a melhor

São Sebastião

Ilhabela

Na última semana, o Ministério do Turismo divulgou a categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. A categorização auxilia as decisões do Mintur na distribuição dos recursos públicos e na orientação à elaboração de politicas públicas. Ainda tem como objetivo, dar subsídios para uma reflexão sobre o papel de cada município no processo de desenvolvimento turístico da região. esse é o grande barato dessa história, ou seja, é uma ferramenta de subsídio à gestão pública e privada, no fim das contas. 

De acordo com o novo mapa, na grande maioria dos estados brasileiros houve uma diminuição no número de municípios em relação a 2013. Em São Paulo o número passou de 645 em 2013 para 222 municípios em 2016. Os municípios foram divididos em cinco categorias de A até E, sendo que na categoria "A" encontram-se os municípios com maior fluxo turístico e maior numero de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem.

Para avaliação foram utilizados dados da RAIS/Ministério do Trabalho e Emprego e pesquisas realizadas pelo Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE/MTur. São Sebastião foi categorizada como "A", o que confirma a importância do segmento turístico na economia local, regional e no mapa nacional. Ilhabela está na categoria "B".

Estrutura ao Turismo:
Hoje São Sebastião conta com mais de 200 meios de hospedagem e 160 meios de alimentação e é responsável por aproximadamente 40% dos empregos formais. Recebe mais de 1.5 milhão de pessoas/ano entre turistas e veranistas, segundo dados oficiais. 

A Secretária de Cultura e Turismo da cidade, Marianita Bueno, tá que não cabe em si porque isso consagra um trabalho feito com cuidado, mas sob constantes críticas de oponentes políticos do Governo. Mas, os dados e essa categorização jogam a favor de seu trabalho. E agora?

Curiosamente, vocalizadas como exemplos pelos pré-candidatos a prefeito em São Sebastião, Caraguatatuba e Ilhabela foram categorizadas com "B". São Sebastião e Ubatuba que foram categorizadas como "A". Certamente isso comporá os debates eleitorais deste ano. No estado de São Paulo são somente 51 cidades  categorizadas em"A".

E aí, Senhoras e Senhores, que tal o desafio de melhorar o que está bem categorizado?
Com a palavra os pré-candidatos a prefeito e seus grupos políticos.
-
10h29min.    -     adelsonpimenta@ig.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário