terça-feira, 5 de julho de 2016

OS DILEMAS DE UM PARTIDO E O SILÊNCIO DE SEU LÍDER


Quando Luizinho, ex-prefeito de São Sebastião falou poucas & boas do seu antigo aliado e novo desafeto, o tucano Felipe Augusto, não foi só uma claro sinal de raivosidade ou descontentamento para tentar dissociar uma imagem da outra, foi também um rompante de franqueza do sujeito. Ele disse coisas impublicáveis sobre o rapaz. Incompetente foi apelido na história. Agora, do nada, o sogro do Felipe Augusto impõe o nome de quem para ser vice? Ele mesmo, o não mais desafeto Luizinho Faria. E as pesquisas falam em coisa nova. A ideologia teria sido vencida pelo pragmatismo ou só estava tarifada?

Essa é uma coisa. Outra é...



O Governo do Estado de SP - sob o PSDB tem uma dívida social com São Sebastião. Não bastasse suspender investimentos em saneamento básico em Maresias, assim como terminar o de Barra do Una, colocou duas praças de pedágio na Tamoios. O acesso ao litoral ficou mais caro. Ao mesmo tempo reajustou tarifas na travessia de balsa para Ilhabela. Não é pouca coisa. Veja se houve redução na cobrança de sua conta de água.

É ou não do Município a responsabilidade pelo saneamento básico? 
É de sua autonomia, e, normalmente, há concessão. No caso do Litoral Norte de SP, as cidades concederam à empresa do Estado  - a Sabesp. 

Ernane, Prefeito de São Sebastião, não renovou a concessão e exigiu que o déficit de investimentos da Sabesp fosse sanado primeiro. A empresa topou, e agora às portas da eleição desistiu. Qual a razão disso?

Onda Suja
A praia de Maresias já era internacionalmente conhecida pelas ondas que tem e pelas competições internacionais de surf realizadas no local. Dessas ondas saiu um campeão mundial, o Gabriel Medina. E é justamente na praia das ondas que o programa mais vistoso do marketing da Sabesp falha, que ironia, o Onda Limpa. O Estado suspendeu os investimentos. A propaganda da Sabesp, que joga pelo patrocínio do atleta sebastianense, jogou água sobre todo o esforço turístico da cidade. Seria só irônico não fosse tão sério.

Particularmente penso que o candidato do PSDB em São Sebastião não tem sequer o direito de se silenciar ante o exposto, afinal, trata-se da cidade que ele quer governar e é o Governo do Estado que ele representa. Com a palavra o rapaz tucano. 

Penso que o Prefeito Ernane deva notificar a Agência Reguladora do Estado, mesmo sabendo que o partido PSDB aparelhou o órgão. A Câmara Municipal já aprovou uma Moção de Repúdio à empresa, mas precisa abrir essa discussão. Essas ações intempestivas do Governo estadual estão prejudicando o Litoral Norte de SP, especialmente São Sebastião. Por fim, por que não publicar um edital para que outras empresas do país apresentem suas tecnologias e um Plano de Negócios à municipalidade? Por que ser refém da Sabesp?





Nenhum comentário:

Postar um comentário