sexta-feira, 6 de outubro de 2017

ILHABELA SE MEXE PARA VOLTAR AOS DESTAQUES DO MAPA DO TURISMO


Quando o Ministério do Turismo divulgou o mais recente Mapa do Turismo brasileiro deixando as cidades do Litoral Norte de SP numa zona de exclusão dos destaques, especialmente Ilhabela, houve certo espanto, já que o município figurava entre os indutores de turismo do país, segundo o próprio Ministério do Turismo. 

E supunha-se ainda, diga-se, que os investimentos dos últimos anos - inclusive com participação em feiras internacionais tivesse melhorado o quadro. Só que não.

A reação da Prefeitura de Ilhabela nesse instante é cirúrgica, reconheço. 

A realização do 'Fórum Nacional de Turismo Sustentável' cai bem - em todos os sentidos. É uma forma de amplificar o diálogo proativo sobre esta agenda vital para o local. Melhor ainda se em algum painel os critérios que classificam as cidades no Mapa do Turismo forem abordados. E se o Ministério do Turismo tiver um assento à mesa, aí é chave de ouro.

É a oportunidade, inclusive, para que o Prefeito Márcio Tenório fale sobre a riqueza momentânea de Ilhabela - os recursos dos royalties do petróleo e sobre como está lidando com isso determinando investimentos que recuperem áreas degradadas; universalizem a cobertura do saneamento básico; garantam a segurança fundiária e reduzam o déficit habitacional, possibilitam o redimensionamento da rede pública de saúde entre outras coisas.

A sua proposta, por exemplo, de criação de um Fundo, uma espécie de poupança de contingência e um Conselho para fiscalizar e acompanhar o gasto dessa grana tem a grife do ineditismo no país, logo, é outra coisa que precisa ser divulgada e discutida. Excelente iniciativa. 

Finalmente, a nomeação de uma técnica, a Maria Inez Fazzini, que conhece as intrincadas questões ambientais de Ilhabela para assumir a gestão do Parque Estadual de Ilhabela, é mais que um achado, é o fruto de uma acertada articulação.

Há demandas importantes à serem discutidas sobre a malha urbana, ocupação de carga, manejo, recursos hídricos, resíduos sólidos, recursos hídricos, meios de hospedagem, tráfego, enfim. mais que o marketing (necessário também), são as ações efetivas, o planejamento bem feito a os investimentos públicos bem executados que reporão Ilhabela e a região do Litoral Norte de SP de volta com destaque no Mapa do Turismo.

Créditos da foto: ecoviagem
-
13h20min.   -   adelsonpimentarafael@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário