segunda-feira, 7 de maio de 2018

COMBATENDO O DISCURSO DE " VOTE EM CANDIDATO LOCAL"


O voto distrital, e até mesmo o distrital isto foram foram propostas rejeitadas já nas prévias, nem a voto foi. Portanto, falseia a realidade o discurso suserano temporal, especialmente em São Sebastião: "vamos votar em candidato local". 

Fique alerta, cidadão eleitor. Sua decisão deve se pautar em critérios que você mesmo defina para eleger alguém, não em invencionices que não tem amparo na lei. Não permita que tentem colonizar sua compreensão.

Está sendo vocalizado por súditos da suserania que devemos votar em:
a) Candidatos locais
b) Quem tem mais chances de ganhar

Duas grandes bobagens, diga-se. #Fakenews
I) _ No primeiro caso, o candidato local pede votos em outras cidades e se compromete com os eleitores destas também, assim como fazem os "de fora" que pedem voto aqui em seu município;
II) _ No segundo caso, nem preciso dizer. O argumento é fútil e manjado. Nem pesquisas de opinião sérias define o futuro das urnas.

Uma multidão de "fieis seguidores", nomeados em cargos comissionados e com penduricalhos sobre os rendimentos do erário e/ou sob outros tipos de benefícios que não cabe a mim investigar, praticamente orquestrados por um comando de marketing, repetem aquilo que ouvem.

Não se engane, a ideia é te fazer crer na ladainha do "candidato local".

Esquece isso, o que de fato interessa é você eleitor saber que seu voto está sob disputa de gente que está ganhando muito bem para te convencer a votar na candidata deles. A esposa do prefeito de São Sebastião, por exemplo, é filha de um ex-deputado estadual e, a menos que prove o contrário, a cidade ficou à míngua sobre o mandato dele. 

Sugiro que reflita e vote consciente. Local é o seu voto, enquanto candidatos pertencem a partidos.

O resto é perfumaria.
Vote consciente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário