sábado, 2 de setembro de 2017

CARAGUÁ ÀS CLARAS

CARAGUÁ ÀS CLARAS

No começo de junho deste ano, seis meses portanto após a posse do prefeito Aguilar Junior, a Prefeitura de Caraguatatuba soltava uma Nota (https://goo.gl/fLkj1s) com a afirmação feita pelos técnicos da Urbeluz durante o 1º Encontro de Cidades Inteligentes, expectando que seria a primeira (Smart City) e serviria de exemplo para todo o país.  

“Em outras palavras, isso quer dizer que as luminárias funcionam como um computador, capaz de receber vários aplicativos como, por exemplo, câmeras de segurança, wi-fi, detector de sons, entre muitos outros”, esclareceu. 

Hoje, a concessionária Caraguá Luz, é a empresa responsável pela iluminação pública de todo município. A gestão é objeto de uma Parceria Público-Privado - PPP. Os investimentos já estão na ordem de R$ 3,2 milhões, segundo informou o portal Litoral Vale. 

Questões como a medição do grau de luminância (quantidade de emissão de luz, que passa através de uma superfície em particular em um certo ângulo) e iluminância (quantidade de luz que cai – iluminando e espalhando-, sobre uma determinada área de superfície são importantes. A iluminância também se correlaciona com a forma como os seres humanos percebem o brilho de uma área iluminada. E não é só. 

A luz inadequada altera até mesmo as reações do organismo, vide o ciclo circadiano (https://goo.gl/jE74Qzsobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos, sendo influenciado principalmente pela variação de luz, temperatura, marés e ventos entre o dia e a noite. Os benefícios, portanto, de uma gestão capaz em relação a Iluminação Pública não se limitam a clarear as ruas e melhorar o ambiente à segurança urbana, vão além disso.

É preciso estar em conformidade com a Norma Brasileira NBR 5101, entre outras coisas. Tem havido boa redução nos custos da lâmpada led, mesmo sabendo não tratar-se só desse item todo o conjunto da obra, mas, seguramente isso reduz custos à municipalidade, resta saber se há previsão de diminuição da CIP (taxa) também. 

Enfim, por ser um assunto importante, custoso e relativamente novo, vou perguntar a Prefeitura de Caraguatatuba, por meio do setor de Comunicação - sob a coordenação da Secretária Malu Baracat a respeito dessa agenda. Tenho visto a cidade mais iluminada, e quero entender um pouco mais como está funcionando essa PPP, em relação a Fundo garantidor, efetividade dos serviços, fiscalização do contrato, investimentos, manutenção, tudo o que cerca a matéria.

Luz é sempre melhor que escuridão.
É a minha resenha
-
 11h22min.  -   adelsonpimentarafael@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário